Testemunhos

Testemunho de relacionamento restaurado

Corri atras e ele do mesmo jeito, queria ficar sozinho, mandava mensagem ele evitava falar comigo, sempre perguntava da nossa filha e se despedia. Ele pedia pra eu levar a bebê pra ele ver, nessa hora ele [...]

Eu e meu namorado (futuro marido) nos conhecemos na internet, somos da mesma cidade. Nos falamos uns dias e logo resolvemos nos ver, nos vimos algumas vezes, ele tinha acabado de sair de um relacionamento, sempre me tratou muito bem, me mandava mensagens lindas, porém tinha medo de se entregar e de se machucar e me machucar.

 

Mas nessa altura eu ja estava sentindo algo por ele, porém poucas pessoas sabiam, não era nada assumido. Até que um dia ele simplesmente aparece assumidamente com outra pessoa, com direito a fotos e declarações em redes sociais e tudo mais, fiquei sem chão,sem entender nada.

 

Chorei, sofri, chorei muito, ja estava apaixonada, porém não questionei em nenhum momento, deixei ele viver.

 

Até que um dia mandei mensagem desejando tudo de bom e que ela fosse tudo que ele disse que procurava em uma pessoa, ele disse quase um ”sinto muito, você vai achar alguém” Nesse tempo eu não quis ”ficar pra tras” e conheci outra pessoa também, nos vimos uma vez, quando foi o próximo encontro meu ex me procurou, ainda estava com a garota, mas dizia gostar de mim.

 

Não aceitei ficar nessa, ele terminou esse ”rolo” dele e voltamos a nos ver, nessa altura eu já estava gravida, mesmo sem estar namorando ainda estávamos muito felizes, porém ele não tomava uma atitude de me pedir em namoro ou de me deixar de vez.

 

Até que ele finalmente se decidiu e me pediu em namoro, dessa vez o mundo sabia. Os meses foram se passando, ele continuou me tratando super bem, um principe, porém omitia muitas coisas e eu acaba descobrindo depois e isso ia me machucando muito, ele já havia me magoado demais. Nós eramos muito grudados, mesmo sem morar junto dormíamos um na casa do outro sempre.

 

E eu perdoando os erros dele, ele me prometendo mudanças, mas sempre do mesmo jeito.. Até que chegou o dia deu ganhar bebê, ele foi incrível, ficou do meu lado o tempo todo.. Depois que ganhei a bebê ele veio morar na casa da minha mãe, eu já estava tão magoada que não tinha paciência com ele, só julgava, tratava mal, era tipo uma ”auto-defesa” e ele me tratando igual princesa nesse tempo. Passou um mês fui morar na casa dos pais dele com ele, ainda muito magoada, nos tinha momentos bons, mas não era sempre, era quase nunca.

 

E ele estava focado em mudar,em ser o homem que eu sempre quis, lia a bíblia, orava sempre, estava indo pra igreja quando dava (por causa do trabalho) e quando eu surtava ele queria me abraçar pra orar por mim e eu nem aí.

 

Passou mais um mês ele saiu de férias, estava tentando recuperar nosso amor mesmo sem saber como fazer isso e acaba fazendo tudo errado, eu passei a querer atenção o tempo todo, cobrava ele demais, e isso causou mais brigas, até que sai da casa dele sem avisar e voltei pra casa da minha mãe. No mesmo dia me bateu arrependimento, eu achei que era só mais uma briga e logo estaríamos juntos de novo, engano meu.. Eu magoei ele demais com palavras horríveis, e ele dizia que me amava muito, mas que queria ficar sozinho.

 

Aí começou meu desespero…

 

Corri atras e ele do mesmo jeito, queria ficar sozinho, mandava mensagem ele evitava falar comigo, sempre perguntava da nossa filha e se despedia. Ele pedia pra eu levar a bebê pra ele ver, nessa hora ele me tratava igual namorada.

 

Mas quando ia embora era a mesma coisa, ”não era o tempo certo”. Ai foi que comecei a procurar ajuda na internet com coisas de Deus, palavras vindas de Deus sobre restauração e conheci os videos da Juliana, vi todos, vi varias vezes, todos os dias, li o livro ”Como Deus Pode e Vai Restaurar se Casamento”, me reconciliei na igreja, orei muito, chorei muito, jejuei, entreguei tudo pra Deus e parei de correr atrás, aí sim eu vi a mudança, ele passou a me mandar mensagem falando que sentia minha falta, que me amava muito, que um dia a gente ainda ia voltar mas que ainda não estava pronto.

 

Isso me machucava muito, porém eu já via o agir de Deus. Tinha dias que eu não aguentava e chorava muito, mas sempre procurava consolo nas coisas do Senhor. Quando foi dia 26/11 ele veio ver a nossa filha, e simplesmente mudou o relacionamento e disse que me amava, voltou a usar a aliança e deu a minha de volta e estamos aqui pra Honra e glória do Senhor Jesus!

 

Agora ele fala da gente se casar ano que vem, se Deus quiser em breve venho contar mais esse testemunho. Estamos muito felizes, agora é orar muito pra ele se reconciliar na igreja e termos uma família pra servir ao Senhor. E colocar em pratica tudo aquilo que aprendi nesse tempinho, claro. Não quero nada com antes.

 

Esse é mais um testemunho de restauração para edificar a sua vida e fortalecer a sua fé.

3.5 (70%) 6 votes

 

Escrito por Desirée Rolim, uma das minhas seguidoras e inscritas do meu canal.

 

Quero ser uma esposa sábia (2)

 

Não esquece de compartilhar esse testemunho nas suas redes sociais para edificar outras vidas.

Faça parte da minha lista e receba dicas para salvar seu casamento.

Segurança nas sua informações

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

5 Comentários

  1. Katiane disse:

    Testemunho lindo
    Como faço pra entrar em contato com vc.

  2. Gizella disse:

    Lindo testemunho, estou a passar por algo parecido só Deus na causa.

  3. Vanessa disse:

    Olá!

    Venho, finalmente, para a honra e glória do Senhor, contar sobre o meu testemunho da restauração do meu relacionamento.

    Depois de muitos anos nos relacionando, o nosso relacionamento ficou sério, começamos a namorar. Um pouco mais da metade de dezembro/2016, fui surpreendida com a decisão do término da parte dele. No início, chorei, pedi para que ele repensasse a decisão, sofri, chorei, chorei, chorei.

    Um certo dia resolvi não mais procurá-lo e passamos uns meses sem ter contato, até que ele me mandou mensagem, perguntando se eu estava bem e que poderíamos ter o mesmo relacionamento que tivemos no início do namoro (sem compromisso). Falei que não e o contato parou novamente.

    Em uma das reuniões de célula que frequento, o Senhor usou uma irmã para me dizer: “tem algo na tua vida que, quando parece que tá tudo bem, desmorona, mas o Senhor vai tratar com alguém por amor a você.”
    Depois que ouvi isso, me alegrei, comecei a perseverar em orações.

    Certa vez resolvi doar umas coisas pra ele e acabei voltando a procurá-lo para marcarmos a entrega das doações. Após esse dia, voltamos a nos relacionar como antes do namoro, conforme ele queria.

    Ele sempre deixou claro que não tinha a intenção de reatar. Sempre tentei sair disso, mas nunca consegui e acabei ficando por meses (entre 3 e 4 meses) nessa situação. No dia em que finalmente decidi desistir e disse “que seja feita a vontade de Deus e não a minha”, falei pra ele que daria um rumo a minha vida. Ele disse que precisaríamos conversar para decidirmos o que fazer… conversamos e decidimos dar uma chance pra nosso relacionamento.

  4. Rosi disse:

    Preciso de uma parceira de oração.