Motivacional

Resolvendo conflitos matrimoniais

Muitos casais tem brigado por tanto tempo que perderam as esperanças de que as coisas melhorem. Eles se conforma em ficar discutindo e se odiando o resto de suas vidas, ou o casamento acaba em divorcio. É preciso crer que, pelo poder de Deus, os casais podem resolver seus problemas conjugais.

 Conflitos matrimoniais são enfrentados todos os dias nas famílias.  E um casal que não vive alguns desacordos, não existe. Existem conflitos que podem levar a brigas sérias.

 

Aquela que desune o esposo e a esposa mais não resolve o problema.

 

Para muitos casais falta a habilidade para discutir desacordos e resolvê-los. Falta a capacidade de discutir problemas sérios chegar a um plano para resolvê-los e colocar esse plano em ação.

 

Na realidade muitas pessoas simplesmente não aprenderam essa habilidade que pode ser aprendida.

 

Muitos casais tem brigado por tanto tempo que perderam as esperanças de que as coisas melhorem. Eles se conforma em ficar discutindo e se odiando o resto de suas vidas, ou o casamento acaba em divorcio.

 

É preciso crer que, pelo poder de Deus, que os casais podem resolver seus conflitos matrimoniais.

 

 

Conflitos matrimoniais

 

 

Tenha fé para resolver os conflitos matrimoniais

 

 

“Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4:13)- Nós somos falhos, e não podemos confiar em nós mesmos, mas, se crermos em Jesus, Ele nos proverá a força que precisamos. Conflitos sérios no casamento, não é a vontade de Deus para nós.

 

O casamento foi criado por Deus para o bem do homem e da mulher, não para se tornar uma forte de ódio, amargura e ressentimentos.

 

Se esses sentimentos estão em nossos lares, significa que, alguém está desobedecendo a Deus.

 

O problema começa quando alguém desobedeceu a Deus, ou o problema original levou alguém a cometer atos pecaminosos. Os conflitos matrimoniais sérios, na maioria das vezes envolve pecado.

 

Sendo assim, podemos superar esses problemas pelos mesmos métodos que a Bíblia ensina para superar outros pecados.

 

Se o pecado é a raiz do problema, há esperança, pois Deus tem a solução para o pecado.

 

 

Faça o que puder, mesmo que sozinho

 

 

O casamento, envolve duas pessoas, por tanto os problemas conjugais podem ser resolvidos se ambas partes trabalharem juntas. Pois se um obedece a Deus e o outro não, o problema se mantem vivo.

 

Mais se o seu cônjuge não contribui para melhorar o casamento, isso não te isenta da responsabilidade de fazer o que você puder.

 

Você precisa agradar a Deus e seguir a sua vontade, mesmo que o seu cônjuge não o faça. Você pode agradar a Deus e não importa o que os outros façam.

 

“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” (1 João 5:4) – Isso inclui superar os  conflitos matrimoniais, mais é preciso quer que isso pode ser feito pelo poder de Deus.

 

 

Oração

 

 

Conflitos matrimoniais

 

 

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.” (Filipenses 4:6) – Se tivermos fé adequada no poder de Deus, oraremos com diligencia pelos nossos conflitos matrimoniais.

 

Quando os problemas conjugais são sérios, precisamos crer que Deus responderá a nossa oração. Se o cônjuge não é cristão e não é fiel, através da oração Deus lhe dará a oportunidade de aprender a Sua vontade para a sua vida.

 

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas.” (Provérbios 3: 5, 6)

 

Algumas pessoas seguem a maus conselhos, outros são guiados por sentimentos e se divorciam dizendo:

 

– Não sinto nada por ele (ela)

 

Mais nenhum sentimento pode mudar o que a palavra de Deus diz.

 

 

Confie na palavra de Deus para resolver os conflitos no casamento

 

 

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça,
para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.” (2 Timóteo 3:16,17)

 

 

Resolver os conflitos matrimoniais, é uma boa obra, e a Bíblia nos dirá como fazer isso. As pessoas podem até nos ajudar, mais precisamos rejeitar qualquer ideia que não concorde com a Bíblia.

 

 

“Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha.
Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha.
Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia.”

 

 

(Mateus 7:24-26) – Se cremos que a Bíblia tem respostas para nossos problemas conjugais, precisamos estar determinados a obedecer o que ela diz, e não apenas ser ouvintes, mais praticantes.

 

 

Autoridade no lar

 

 

conflitos matrimoniais

 

 

“Mulheres, sujeitem-se a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é o seu corpo, do qual ele é o Salvador.” (Efésios 5:22,23)

 

 

A mulher precisa obedecer ao seu esposo mesmo que ele não esteja servindo a Deus. A esposa pode pensar que se o marido cometer pecado ela pode desobedece-lo, mais Deus diz que ainda assim ela precisa obedecer.

 

 

Frequentemente os conflitos começam ou continuam sem solução porque o esposo desobedece aos ensinamentos da Bíblia sobre como tomar decisões ou quando a esposa desobedece aos ensinamentos Bíblicos sobre submissão.

 

 

O amor é a preocupação com o bem estar de outros

 

 

“Maridos, amem suas mulheres, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a si mesmo por ela.” (Efésios 5:25)

 

O amor que os esposos deverão ter por suas esposas, é comparado ao amor de Cristo pela igreja. Cristo entregou a sua vida por nós por amor, para que pudéssemos ser salvos.

 

O esposo deverá se preocupar com o bem estar da esposa, trata-la com carinho, e não usar a sua autoridade para agradar a si mesmo, mais fazer o que é melhor para ela e para a família.

 

Mais não isso que temos visto hoje em dia, não é mesmo?!

 

Homens e mulheres se afastaram do plano original de Deus, e a desobediência a sua palavra está destruindo muitos lares.

 

Enquanto um dos cônjuges ou ambos, insistirem em seguir de maneira egoísta o seu próprio caminho, as diferenças não serão resolvidas e muito menos os conflitos matrimoniais.

 

Os problemas sérios são resolvidos quando buscamos o bem estar de outros, além do nosso próprio.

 

“Não amemos de palavras nem de línguas, mas por ações e em verdade.”- I João 3:18

“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.” – Salmos 30:5

conflitos matrimoniais

 

Se você gostou deste artigo, não deixe de avaliar com as estrelinhas e de deixar o seu comentário, pois sua opinião é muito importante para que esse blog melhore cada vez mais.

Compartilhe

Faça parte da minha LISTA VIP e receba dicas para SALVAR SEU CASAMENTO.

Segurança nas sua informações

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário